....
....

03/05/2022

STJ decide rumos da investigação do acidente aéreo com Marília Mendonça, que completa seis meses nesta quinta


A investigação sobre a morte da cantora Marília Mendonça em um desastre aéreo, em novembro de 2021, ficará a cargo da Justiça de Minas Gerais. A decisão é do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

 

O trágico acidente completará seis meses nesta quinta-feira, 5 de maio. A artista estava numa aeronave de pequeno porte com outras quatro pessoas a caminho de Caratinga, no Vale do Rio Doce, onde faria um show. Ela faleceu aos 26 anos de idade no auge da carreira musical no gênero sertanejo.



Foto: Reprodução/Instagram

 

O inquérito conduzido pela Polícia Civil chegou ao Superior Tribunal de Justiça após as justiças de MG e Federal entenderem não ter competência para decidirem sobre a prorrogação do inquérito.

 

De acordo com o STJ, o Juízo de Direito da 3ª Vara Criminal e do Tribunal do Júri de Caratinga poderá prorrogar ou não o inquérito sobre o caso.

 

A competência da investigação e esfera da Justiça poderão ser alteradas conforme surgimento de novos elementos no decorrer do inquérito.

 

“Não se deve perder de vista que, no inquérito policial, a competência é estabelecida considerando os indícios colhidos até a instauração do incidente, sendo possível que, no curso da investigação, surjam novos elementos que indiquem a necessidade de modificação da competência”, conclui o ministro relator do Superior Tribunal de Justiça, Antonio Saldanha Palheiro – EM.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas