....
....

20/12/2018

Sintab denuncia ao Ministério Público situação precária das Unidades de Saúde de Campina Grande


A luta por melhores condições de trabalho tem sido uma constante, em todos os nossos movimentos. Durante as greves sempre colocamos em pauta as condições de trabalho, bem como a qualidade dos serviços prestados à população, no entanto, os gestores parecem estarem alheios a tudo isso.

 

Como não obtivemos êxito nos apelos, não nos restou outra saída: tivemos que provocar o Ministério Público em Campina Grande, através de denúncia das precárias condições de trabalho e por conseguinte, da debilidade no atendimento à população, como por exemplo, a demora na marcação de consultas e na execução de exames.



 

É lastimável que, de modo geral, as unidades em que funciona o programa Saúde da Família, sejam impróprias e inadequadas. É gravíssimo o fato de que todas essas unidades sejam alugadas, ou seja, o município não dispõe de estabelecimentos próprios, ainda que o Ministério da Saúde disponibilize recursos para tal fim, o que economizaria recursos para serviços essenciais.

 

Nos resta acreditar e esperar que a justiça seja feita.

 

Artigo publicado por Napoleão Maracajá, Diretor de Comunicação do Sintab.

 

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas