....
....

22/12/2018

Jovem cancelou carro de aplicativo, pegou carona com namorado e foi estrangulada e morta por ele com bloco de concreto


O suspeito de matar a manicure Luana Letícia Sales Mendes, de 19 anos, em Mirassol (SP), foi preso na madrugada deste sábado (22) e confessou à polícia que cometeu o crime por ciúmes.

 

A jovem estava desaparecida desde quarta-feira (19), quando saiu de casa para trabalhar e, como estava chovendo, solicitou um carro de transporte por aplicativo. No entanto, ela cancelou a corrida e pegou carona com o ex-namorado.



 

Segundo o delegado responsável pelo caso, Alceu Lima de Oliveira Júnior, a vítima foi estrangulada por Anderson Padilha Zanelato e, em seguida, morta com um bloco de concreto, que foi apreendido pela polícia.

 

O corpo de Luana foi encontrado em uma estrada de terra, atrás de um matagal. A manicure deixa uma filha de 3 anos.

 

Câmeras de segurança ajudaram nas investigações da polícia. Anderson foi preso temporariamente por 30 dias. A prisão preventiva dele deve ser pedida e ele responderá ao processo por homicídio qualificado.

 

O enterro da vítima foi realizado na tarde deste sábado, no Cemitério Municipal de Mirassol – G1.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas