....
....

02/01/2019

Novo Ministro das Minas e Energia diz que governo Bolsonaro vai mesmo privatizar a Elerobras


O novo ministro de Minas e Energia, o almirante Bento Albuquerque Júnior, afirmou nesta quarta-feira (2) que dará prosseguimento ao processo de capitalização da Eletrobras. O processo, iniciado durante o governo do ex-presidente Michel Temer, previa a privatização da estatal através da emissão de ações.

 

Após a emissão de papéis, a União ficaria com menos de 50% das ações da estatal e não teria mais o controle da empresa. O projeto que permitiria a operação, no entanto, não foi apreciado pelo Congresso Nacional em 2018.

 

“Ainda no setor elétrico, sempre se levando em consideração o interesse público, se dará prosseguimento ao processo em curso de capitalização da Eletobras”, disse Bento Albuquerque.



 

O novo ministro de Minas e Energia assumiu o cargo nesta quarta-feira, em uma cerimônia que contou com a presença do ex-ministro de Minas e Energia Moreira Franco e do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

 

Após participar da cerimônia, o presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Júnior, afirmou que recebeu o convite do ministro Bento Albuquerque para permanecer à frente da estatal.

 

Wilson foi nomeado como presidente da Eletrobras em 2016, após o presidente Michel Temer assumir a presidência da República.

 

Setor Elétrico

 

Durante seu discurso, o novo ministro afirmou que vai se empenhar para reduzir encargos e subsídios pagos na conta de luz.

 

Ele também falou que vai identificar o real custo e benefício das fontes de energia, defendeu o uso de energias renováveis e falou em ter um “diálogo objetivo, desarmado e pragmático” sobre energia nuclear.

 

“O Brasil não pode se entregar ao preconceito e a desinformação desperdiçando duas vantagens competitivas raras que temos no cenário internacional: o domínio da tecnologia e do ciclo do combustível nuclear e a existência de grandes reservas de urânio em nosso território”, afirmou.

 

Perfil

 

Bento Albuquerque Júnior foi diretor-geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha, quando esteve à frente do Programa Nuclear da Marinha. Ele tem pós-graduação em Ciências Políticas e MBA em gestão pública e em gestão internacional – G1.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas