....
....

10/01/2019

Com imagens de câmeras de segurança, polícia prende novamente suspeito de matar ator que havia sido solto por falta de provas


Após um trabalho de buscas que duraram mais de 72 horas, a Polícia Militar apresentou o principal suspeito de matar a facada o ator e professor de Teatro Simão de Almeida Cunha, na madrugada do último domingo (6), no centro de João Pessoa. O homem, que tem 28 anos, foi preso na terça-feira (8), mas foi solto por falta de provas no mesmo dia e preso novamente nessa quarta-feira (9), após a PM continuar as diligências e colher imagens de circuito de segurança do percurso onde aconteceu o crime.

 

De acordo com o comandante da 5ª Companhia do 1º Batalhão, capitão Luiz Alberto Sena, desde o momento do crime os policiais militares começaram a buscar informações que pudessem chegar ao suspeito. “Pegamos relatos com as características do suspeito, que coincidiram com as características de um homem já conhecido por nossas guarnições, que vive na região central da cidade, e que responde por roubo. Fomos diligenciando e recebemos informes que apontaram esse mesmo suspeito que estávamos desconfiando como autor do crime. Conseguimos prendê-lo na manhã da terça-feira (8), levamos ele até a delegacia, mas ele teve que ser solto por falta de provas”, disse.



 

“Não paramos o trabalho e buscar contribuir para promover justiça para o caso passou a ser uma questão de honra”, expressou o capitão Sena, que com sua equipe buscou imagens de circuito interno das lojas próximas onde aconteceu o fato e mais informações de testemunhas, o que foi fundamental para prender o homem novamente, na tarde dessa quarta-feira (9), apresentando-o com imagens que o colocam diretamente no cenário do crime. O suspeito foi apresentado na Delegacia de Homicídios, no Geisel – Secom-PB.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas