....
....

19/02/2019

Ministério Público denuncia estudante que, com camiseta de Bolsonaro, publicou vídeo racista e com ameaças durante as eleições


O Ministério Público do Paraná (MP-PR) denunciou o estudante de direito Pedro Bellintani Baleotti, de 25 anos, por prática ou incitação de discriminação ou preconceito de raça e cor. O caso aconteceu em Londrina, no interior do Paraná, em 2018. As informações são do G1.

 

Baleotti é investigado após aparecer em um vídeo dizendo “Tá vendo essa negraiada? Vai morrer, vai morrer”. As imagens aconteceram quando ele estava a caminho da votação do segundo turno das eleições, em outubro do ano passado. Por conta do vídeo, protestos aconteceram na universidade onde ele cursava Direito em São Paulo e o estudante chegou a ser expulso antes de, após decisão judicial, ser reintegrado.



 

De acordo com o MP do Paraná, o estudante praticou racismo qualificado e cometeu o crime por intermédio de meios de comunicação social. “O denunciado, ao referir-se a cor das pessoas que estavam nas ruas do município, e insinuando o descontentamento em relação aos negros em geral, desconsiderou a importância do negro para a formação do Brasil”, diz parte da denúncia.

 

Após a repercussão do caso, em 2018, o estudante foi entrevistado pela TV Globo e negou ser racista, preconceituoso e violento. Ele ainda pediu perdão para as pessoas citadas em seu “áudio completamente infeliz” – Istoé.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas