....
....

19/03/2019

Governo brasileiro assina acordo para uso de base de Alcântara pelos EUA. Medida garante economia de 30% para americanos


O governo brasileiro assinou nesta 2ª feira (18.mar.2019) o Acordo de Salvaguardas Tecnológicas, que permite o uso comercial da base de Alcântara, no Maranhão, com projetos que envolvam tecnologia dos Estados Unidos. O lugar é 1 dos centros de lançamentos de foguetes da FAB (Força Aérea Brasileira).

 

Apesar da assinatura, os EUA não ficam autorizados desde já a utilizar a base. A medida precisa ser chancelada pelo Congresso Nacional.

 

A parceria entre os 2 países é discutida desde 2000, quando o então presidente brasileiro Fernando Henrique Cardoso (PSDB) assinou 1 acordo com o americano George W. Bush.



 

Na época, a proposta foi barrada pelo Congresso Nacional, que alegou que o AST, como é conhecido o acordo, feria a soberania nacional.

 

E 80% de todos os artefatos espaciais possuem algum componente de origem americana. Sem o acordo, não poderiam ser lançados.

 

Atualmente, 80% dos artefatos espaciais possuem algum componente de tecnologia americana. Sem o acordo, eles não poderiam ser lançados a partir da base brasileira.

 

A base de Alcântara tem como principal objetivo o apoio logístico e a infraestrutura para a realização dos trabalhos desenvolvidos na área espacial brasileira. Por ser próxima a linha do equador, o consumo de combustível para o lançamento de satélites é menor em comparação com bases em latitudes maiores – Poder 360.

 

Nota: O lançamento de foguetes a partir da base brasileira garantirá aos EUA uma economia médica de 30% nos gastos com combustível, em virtude da localização da Base de Alcântara em relação ao espaço.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas