....
....

31/03/2019

Presidente do Sintab denuncia riscos da privatização dos serviços públicos de Campina Grande


O presidente do Sintab, Giovanni Freire, ocupou a tribuna da Câmara de Campina Grande recentemente para expor, de forma contundente, a gravidade da privatização dos serviços públicos da cidade, permitida através da lei 7.159/2019, que prevê parcerias público-privadas em todas as áreas. Ele também lembrou a situação das aposentadas do magistério, que há três anos lutam pela paridade na data-base e ainda não receberam o equivalente ao retroativo, referente ao reajuste ainda do ano passado.

 

O espaço de fala foi garantido graças a pressão do sindicato e dos servidores que lotaram a casa durante as últimas assembleias, realizadas nos dias 19 e 20 de março. Desta vez não foi diferente, efetivos de todas as categorias lotaram novamente o auditório da CMCG.



 

“O Sintab é contra qualquer parceria público-privada, o que o Sintab defende é o serviço público de qualidade, mas qualidade não depende só do servidor, depende da estrutura dada ao servidor, que está precária. Inclusive essa nova lei diz que se criará um conselho gestor, composto apenas pelo executivo e pela administração pública, a Câmara Municipal não vai poder intervir. Ou seja, os vereadores rasgaram a prerrogativa deles, que é legislar para o povo, para que as empresas ofereçam um bom serviço público à população”, declarou o presidente.

 

Giovanni frisou que os vereadores não entendem a pauta dos trabalhadores porque não escutam nem dialogam com a categoria. “Talvez até pela dificuldade de se ouvir quem está nas galerias, porque há um vidro separando e os vereadores não vão até o povo”, completou. Ele finalizou chamando atenção mais uma vez para a situação das aposentadas do magistério. “Uma uma lei aqui desta casa tirou a paridade na data-base destas aposentadas que recebiam no mês de janeiro, o mesmo reajuste concedido aos servidores da ativa. Além disso elas permanecem sem o retroativo do reajuste na data-base ainda de 2019”, disse – Assessoria.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas