....
....

19/04/2019

Preço dos alugueis dispara e sobe mais que a inflação no acumulado dos três primeiros meses do governo Bolsonaro


Os preços anunciados para novos contratos de aluguel subiram acima da inflação no 1º trimestre do ano. Segundo pesquisa Fipezap, o valor médio anunciado para locação de casas ou apartamentos subiu 0,61% em março (a quarta alta consecutiva), e 1,68% nos 3 primeiros meses do ano. Já a inflação, calculada pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), ficou em 0,75% em março e em 1,51% no 1º trimestre.

 

No acumulado nos 3 primeiros meses do ano, o preço médio de locação teve um aumento real de 0,17%.

 

As maiores altas no 1º trimestre entre as capitais monitoradas ocorreram em Brasília (4,03%), Florianópolis (2,98%) São Paulo (2,42%). Já em Salvador, houve queda de 1,72%.



 

No período de 12 meses terminados em março, o preço médio de locação residencial para novos contratos acumula alta de 2,54%, ainda bem abaixo da inflação de 4,58% no mesmo período, considerando o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

 

A cidade de São Paulo segue com o maior preço médio de locação por metro quadrado (R$ 37,65), seguida por Barueri (SP), com R$ 32,04; Santos (SP), com R$ 30,68; e Rio de Janeiro (R$ 30,54). A média nas 25 cidades pesquisadas em março foi de R$ 28,42.

 

Quanto à rentabilidade do aluguel, ou seja, o preço médio de locação dividido pelo preço médio de venda dos imóveis, o retorno médio ficou em 4,53% em março.

 

Veja o valor médio de locação do m², em algumas cidades brasileiras:

 

    São Paulo (SP): R$ 37,65

 

    Barueri (SP): R$ 32,04

 

    Santos (SP): R$ 30,68

 

    Rio de Janeiro (RJ): R$ 30,54

 

    Brasília (DF): R$ 28,11

 

    Recife (PE): R$ 27,69

 

    Florianópolis (SC): R$ 23,78

 

    Porto Alegre (RS): R$ 22,69

 

    Praia Grande (SP): R$ 22,61

 

    Belo Horizonte (MG): R$ 21,49

 

    Santo André (SP): R$ 21,27

 

    Salvador (BA): R$ 20,95

 

    Campinas (SP): R$ 20,91

 

    São Bernardo do Campo (SP): R$ 20,25

 

    São José dos Campos (SP): R$ 20,11

 

    Niterói (RJ): R$ 19,55

 

    Guarulhos (SP): R$ 19,51

 

    Curitiba (PR): R$ 18,33

 

    Joinville (SC): R$ 17,52

 

    Goiânia (GO): R$ 16,28

 

    Ribeirão Preto (SP): 16,10

 

    São José (SC): R$ 15,86

 

    Pelotas (RS): R$ 15,80

 

    Fortaleza (CE): R$ 15,77

 

    São José do Rio Preto (SP): R$ 15,21

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas