....
....

07/05/2019

Sintab emite “Nota de Repúdio” contra Prefeitura de Campina Grande e denuncia desrespeito com profissionais da Educação


O Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste e da Borborema – Sintab emitiu uma “Nota de Repúdio” na qual critica a Prefeitura de Campina Grande por, segundo a entidade, precarizar a situação os trabalhadores da Educação.

 

Na nota, a entidade diz que não abre mão de nenhum dos direitos dos trabalhadores em ;educação e afirma que “o Prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, vem demostrando sua depreciação aos profissionais que já sofrem constantemente com a desvalorização e o desrespeito”.



 

Veja, abaixo, a Nota, na íntegra:

 

NÃO ABRIREMOS MÃO DA EDUCAÇÃO COMO DIREITO!

 

Esta nota vem reafirmar a posição do Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste e da Borborema (Sintab), de que não abrirá mão de nenhum dos direitos dos profissionais da Educação!

 

Como legítimo representante dos trabalhadores e trabalhadoras em Educação, o Sintab manifesta a defesa da Educação para todas e todos, com condições dignas de trabalho para os profissionais da rede pública e o respeito ao compromisso de suas trajetórias, também expresso no direito a uma aposentadoria digna.

 

A Constituição Federal de 1988, o Plano Nacional de Educação (Lei 13.005/2014), a Lei do Piso Nacional do Magistério (Lei 11.738/2008) e a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei 9.394/1996), asseguram a valorização dos profissionais da Educação como caminho para garantia de direitos na Educação.

 

Contudo, o Prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, vem demostrando sua depreciação aos profissionais que já sofrem constantemente com a desvalorização e o desrespeito.

 

Assim sendo, a direção do SINTAB, nestes termos:

 

Defende condições necessárias de trabalho nas unidades escolares, que incluem estrutura física, materiais didáticos e a segurança dentro dos espaços escolares, sendo estas condições para que a educação brasileira se constitua, de fato, em direito;

 

Defende o pagamento do aumento retroativo aos aposentados do magistério e a dignidade daqueles e daquelas que fizeram e fazem a rede pública municipal de Campina Grande, como condição para que a educação municipal se constitua, de fato, em direito;

 

Rechaça toda a forma de diminuição contra a gestão democrática, a fim de fragilizar a autonomia escolar. Assim, cita com bastante preocupação a massificação do mesmo livro didático para todas as escolas da rede municipal, uma atitude que fere pedagogicamente e politicamente as peculiaridades da realidade local, ao desconsiderar o trabalho e pesquisa pedagógica de professores e da equipe pedagógica na escolha dos livros didáticos, como condição para que a educação se constitua, de fato, em direito;

 

É contra todas as formas de privatização dos serviços públicos e da educação pública, inclusive via terceirização, o que significa a não realização de concursos públicos para ingresso na educação e sua precarização. Por isso, defende transparência em sua gestão, como condição para que a educação brasileira se constitua, de fato, em direito;

 

É contra a Lei das PPPs (Lei 7.159/2019), que tem uma visão entreguista dos serviços públicos à iniciativa privatista, na qual tem acesso a direitos apenas quem pode pagar e desta forma, aprofunda as desigualdades educacionais e compromete, ainda mais, a garantia de dignas condições de oferta educacional.

 

O SINTAB defende uma educação pública e de qualidade.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas