....
....

28/02/2014

Padre Márcio fala de sua saída da Catedral de Campina Grande e expectativa para assumir paróquia do Rosário, na Prata


O Padre Márcio Henrique Mendes Fernandes, Vigário Geral da Diocese e pároco da Catedral de Nossa Senhora da Conceição, em Campina Grande falou esta semana do anúncio de sua transferência da Catedral para a Paróquia de Nossa Senhora do Rosário, no bairro da Prata. A transferência faz parte de uma decisão da Diocese de realizar uma espécie de ‘rodízio’ de padres entre algumas paróquias.

 

Esta semana, durante celebração na Catedral, Padre Márcio falou pela primeira vez de sua saída da Catedral, onde permaneceu por cerca de 14 anos. “Meu prazo de validade já estava vencido”, disse ele, em tom descontraído, referindo-se à norma da Igreja Católica, contida no Código Canônico, determinando que um padre permaneça no comando de uma paróquia por, no máximo, seis anos.
 
Padre Márcio Henrique foi transferido da Catedral para a Igreja do Rosário, na Prata
 Padre Márcio Henrique foi transferido da Catedral para a Igreja do Rosário, na Prata
 

Ele agradeceu a Deus pela oportunidade de comandar a Paróquia da Catedral e confirmou que sua transferência para a Igreja de Nossa Senhora do Rosário se dará no próximo mês de maio. “Estou indo no mês de maio para uma nova experiência. Só tenho que agradecer a Deus pela oportunidade que me deu aqui. Ele foi muito generoso comigo”.

 

Um dos principais feitos de Padre Márcio durante sua permanência à frente da Catedral foi a de dar um caráter diferente à paróquia. É que uma das características da Catedral é ser uma espécie de ‘igreja de passagem’, onde as pessoas que circulam pelo centro da cidade aproveitam para assistir às missas, sem, no entanto, participar ativamente das atividades pastorais, por exemplo.

 

Quando Padre Márcio assumiu, decidiu realizar um trabalho de fortalecimento das pastorais. Hoje a Catedral funciona com várias pastorais e movimentos, como tradicionalmente ocorre nas igrejas localizadas em bairros ou cidades de menor porte. Foi justamente sobre esse aspecto que Padre Márcio conversou esta semana com o novo pároco da Catedral, Padre Luciano.
 
Pe Márcio ficou quase 14 anos no comando da Paróquia da Catedral de Campina Grande
 Pe Márcio ficou quase 14 anos no comando da Paróquia da Catedral de Campina Grande
 

“Pedi que Padre Luciano desse continuidade a esta forma diferenciada de trabalhar com as pessoas. Acredito que conseguimos, ao longo desses 14 anos, agregar aqui na Catedral”, afirmou Padre Márcio Henrique, sobre o trabalho desenvolvido para fortalecer as pastorais na Catedral.

 

Para o lugar de Padre Márcio, a Dicoese designou o Padre Luciano Guedes da Silva, da Paróquia de Nossa Senhora das Mercês, em Cuité. Padre Luciano é natural de Queimadas, já atuou na paróquia de São Sebastião de Lagoa de Roça e hoje está em Cuité, de onde vem para a Catedral.

 

Do Blog Carlos Magno, com Pascom Catedral