....
....

10/06/2019

Servidores da Prefeitura de Campina farão paralisação para cobrar Plano de Cargos e pagamento dos salários em dia


Os servidores públicos municipais de Campina Grande farão um dia de Greve Geral na próxima terça-feira, 18. Haverá também ato público, na frente da sede da Administração Municipal a partir das 9h.

 

Os trabalhadores decidiram pela paralisação durante assembleia realizada na manhã desta segunda-feira, 10, pelo Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste e da Borborema (Sintab), na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB).



 

Os efetivos cobram o cumprimento dos Planos de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR’s) da saúde, para agentes de combate às endemias (ACE), agentes comunitários de saúde (ACS) e profissionais de apoio; pagamento dos salários em dia; correção na data-base; complementação ao ínfimo reajuste concedido, que foi de apenas 2% e melhorias nas condições de trabalho, que estão precárias, com muitos setores beirando o colapso.



 

Conforme ressaltou o diretor de Comunicação do Sintab, Napoleão Maracajá, todas as categorias sofrem ataques violentos constantemente em Campina Grande. “Os ataques são inúmeros, os Planos de Cargos não estão funcionando efetivamente; há o sucateamento dos postos de trabalho, onde faltam condições mínimas para garantir o desenvolvimento das atividades dos servidores e consequentemente, o atendimento digno à população; os trabalhadores, em sua grande maioria, continuam sem receber o salário em dia, uma situação que se repete todos os meses e por conta disso, estão passando dificuldades extremas. Situações humilhantes enquanto milhões são gastos com pautas não prioritárias. A mesa da Prefeitura é farta, mas a dos trabalhadores não”, resumiu.



 

Ainda durante a assembleia desta segunda foi discutida a abusiva reforma da Previdência do governo Bolsonaro e o diretor de Política e Formação Sindical, Franklyn Barbosa, reforçou a convocação para a Greve Geral da próxima sexta-feira, 14. “A maioria dos trabalhadores deve estar sexta-feira nas ruas de Campina Grande. A Greve Geral é o único caminho para barrarmos a reforma da Previdência. Será a maior Greve da história deste país, vamos para as ruas dizer que não aceitamos a reforma da Previdência, nem os cortes na educação, nem que o governo continue fazendo vista grossa para a dívida pública”, frisou – Assessoria.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas