....
....

19/07/2019

Vereador Pimentel Filho vê erros e cobra explicações do DNIT sobre recolocação de radares em trechos da BR 230


O vereador Pimentel Filho (PSD) fez uso da tribuna, na manhã da última quarta-feira (17), na Câmara Municipal de Campina Grande, para cobrar do DNIT explicações no que se refere à recolocação de radares em alguns pontos da BR 230. Segundo Pimentel, os radares podem ter sido colocados de forma equivocada.

 

O parlamentar informou que um requerimento será feito, solicitando uma audiência pública com o DNIT para esclarecimentos. “Quem trafega pela BR 230, a gente vê algumas coisas que não dá pra entender. Na curva da Caridade, por exemplo, o radar era antes da curva, que era para a pessoa diminuir a velocidade, para não entrar na curva e se envolver num acidente. Aí colocaram o radar, agora, depois da curva. É como se colocasse um semáforo cinquenta metros depois do cruzamento. Não vai surtir efeito nenhum”, alertou Pimentel. “Não tem efeito nenhum a não ser para multar, a não ser para ser indústria de multa”.



 

Ele citou também outro radar instalado na descida da Vila Cabral de Santa Terezinha (sentido saída de Campina Grande para João Pessoa), lembrando que, antigamente, o radar ficava no meio da ladeira, o que atendia uma reivindicação dos moradores da Vila Cabral, em virtude de sucessivos acidentes ocorridos no local.

 

“Agora, eles colocaram depois da ladeira. Eu não estou entendendo mais nada”, disse o parlamentar. “Eu acho que quem veio colocar isso alí, na melhor das hipóteses, não sabe nem o que está fazendo. Posso estar equivocado, e peço desculpas se estiver, mas é visível que eles erraram”.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas