....
....

09/01/2020

Veja detalhes dos novos recursos que o WhatsApp está testando para lançar durante este ano de 2020


O aplicativo de mensagens americano WhatsApp prepara novos recursos para este ano de 2020. Nas versões de teste do app, já é possível encontrar indícios do que será liberado aos usuários em breve.

 

Ao longo de 2019, o aplicativo fez vários testes para implementar um modo escuro, uma tendência em aplicativos de todo tipo neste ano. Instagram, Messenger, Pocket, Feedly e Twiiter estão entre os apps que têm o visual predominantemente preto.



 

Além de emitir menos luz aos olhos do usuário, em smartphones com tela Amoled (maioria entre as telas de aparelhos de Samsung, LG, Motorola e Apple), a interface predominantemente preta economiza energia, uma vez que os pixels pretos estão apagados.

 

Diferentemente de muitos aplicativos de mensagens, o WhatsApp ainda não oferece aos usuários atualmente uma função de envio de recados que se autodestroem (apesar de ser possível apagar mensagens). Isso não deve mudar em 2020.

 

No entanto, o site WABetaInfo, conhecido por testar versões preliminares do aplicativo, reporta que o WhatsApp trabalha em algo semelhante, mas com foco em reduzir o espaço de armazenamento utilizado por grupos. A proposta em teste é a possibilidade de definir um período de duração para guardar as mensagens, variando de uma hora a um ano.

 

Ainda não há data oficial para o lançamento dos novos recursos para todos os usuários. Porém, a empresa não lança novas funções sem fazer uma série de testes antes — ainda que nem todos os recursos testados sejam lançados.

 

WhatsApp no iPhone

 

Neste fim de ano, no iPhone, o WhatsApp se tornou compatível com o recurso de redução de consumo de dados de internet do sistema iOS 13. Isso faz com que o app economize internet, por exemplo, ao não baixar automaticamente mensagens de voz. A função de economia de dados precisa estar ligada no iPhone, dentro do menu “Ajustes”, para que isso aconteça – Exame.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas