....
....

27/01/2020

Kobe Bryant, lenda dos Lakers e da NBA, morre aos 41 anos em acidente de helicóptero


Kobe Bryant, um dos maiores nomes da história da NBA e do Los Angeles Lakers, morreu na tarde deste domingo, 26 de janeiro, aos 41 anos de idade. A informação inicial foi do portal TMZ, depois confirmada pelo repórter Adrian Wojnarowski, da ESPN.

 

Kobe estava em um helicóptero que caiu na cidade de Calabasas, Califórnia. Mais tarde, o jornalista também confirmou que sua filha mais velha, Gianna, de 13 anos de idade, também estava no helicóptero.

 

A informação inicial era de que cinco pessoas foram vítimas da queda e do incêndio que tomou conta da aeronave, entre elas, o pentacampeão da NBA, sua filha. Eles viajavam para uma partida de basquete de Gianna, ao lado de mais um pai e outra jogadora da equipe.



 

Ainda neste domingo, o Los Angeles County Sheriff's Department, o departamento de polícia de LA, em entrevista coletiva, informou a presença de nove pessoas no helicóptero, sem nenhum sobrevivente. As autoridades não confirmaram a identidade das vítimas, e a causa do acidente ainda está sob investigação.

 

Kobe deixa sua esposa Vanessa e outras três filhas, Natalia, Bianca e Capri, ainda com sete meses de idade.

 

Uma lenda do esporte

 

Kobe Bean Bryant nasceu em 23 de agosto de 1978, na Filadélfia. Ele jogou os 20 anos de sua carreira com o Los Angeles Lakers, foi All-Star da NBA 18 vezes e venceu o MVP da liga em 2008.

 

Kobe teve uma das turnês de despedida mais reconhecidas da história da NBA.

 

Apesar de pedir para que times não fizessem homenagens, a temporada de 2015-16 foi tomada por encontros com amigos, fãs e colegas em quadra.

 

Ele disse adeus ao basquete profissional em abril de 2013, marcando 60 pontos e enlouquecendo a torcida dos Lakers uma última vez contra o Utah Jazz.

 

O legado de Kobe

 

Kobe foi o grande jogador de sua geração, e um dos principais da história da NBA. Muitos o consideram o principal Laker de todos os tempos.

 

Os números 8 e 24 estão eternizados no Staples Center, aposentados pela franquia em 18 de dezembro de 2017.

 

Kobe se aposentou com médias de 25 pontos, 5.2 rebotes, 4.7 assistências e 1.4 roubos de bola. Ele foi o primeiro jogador da história a somar 30 mil pontos e 6 mil assistências na carreira, e um de quatro com pelo menos 25 mil pontos, 6 mil rebotes e 6 mil assistências.

 

O eterno dono das camisa 8 e 24 dos Lakers venceu o título cinco vezes: 2000, 2001, 2002, 2009 e 2010.

 

Filho de Joe Bryant, que também chegou à NBA, ele fez sucesso quando estava no ensino médio. Por isso, foi um dos atletas que fizeram o salto diretamente para o basquete profissional. Selecionado pelo Charlotte Hornets no Draft de 1996, foi trocado para os Lakers.

 

O sucesso de Kobe na NBA começou com a parceria ao lado de Shaquille O'Neal e o técnico Phil Jackson, em 1999. Nos anos que seguiram, o trio venceu a NBA três vezes consecutivas.

 

Depois de trocar a camisa 8 pela 24, o então ala-armador reencontrou o troféu com a chegada de Pau Gasol aos Lakers. Junto do espanhol, Kobe foi campeão em 2009 e 2010.

 

Sucesso olímpico                     

 

Kobe não brilhou apenas com os Lakers.

 

Ele começou sua carreira com a seleção dos Estados Unidos em 2007, e ajudou a comandar o famoso 'Redeem Team' com LeBron James, Dwyane Wade e outros astros ao ouro olímpico de 2008.

 

Quatro anos depois, Kobe venceu a medalha de ouro mais uma vez em Londres, antes de se aposentar da seleção norte-americana.

 

A última temporada

 

Kobe teve uma das turnês de despedida mais reconhecidas da história da NBA.

 

Apesar de pedir para que times não fizessem homenagens, a temporada de 2015-16 foi tomada por encontros com amigos, fãs e colegas em quadra.

 

Ele disse adeus ao basquete profissional em abril de 2013, marcando 60 pontos e enlouquecendo a torcida dos Lakers uma última vez contra o Utah Jazz.

 

O legado de Kobe

 

Kobe foi o grande jogador de sua geração, e um dos principais da história da NBA. Muitos o consideram o principal Laker de todos os tempos.

 

Os números 8 e 24 estão eternizados no Staples Center, aposentados pela franquia em 18 de dezembro de 2017.

 

Kobe se aposentou com médias de 25 pontos, 5.2 rebotes, 4.7 assistências e 1.4 roubos de bola. Ele foi o primeiro jogador da história a somar 30 mil pontos e 6 mil assistências na carreira, e um de quatro com pelo menos 25 mil pontos, 6 mil rebotes e 6 mil assistências.

 

Ele liderou a NBA em pontos entre as temporadas 2005-06 e 2006-07. Sua atuação de 81 pontos contra o Toronto Raptors, em 2006, só está atrás dos 100 feitos por Wilt Chamberlain. Kobe fez mais de 50 pontos 24 vezes em sua carreira, perdendo apenas para Chamberlain e MIchael Jordan. Seus 18 All-Star Games o deixam atrás apenas de Kareem Abdul-Jabbar, sempre como titular.

 

Kobe deixa quatro filhas e sua esposa Vanessa, com quem era casado desde 2001 – ESPN.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas