....
....

07/05/2020

Vacinação contra a gripe para crianças e gestantes começa segunda-feira; veja como será a aplicação na Paraíba


Começa na próxima segunda-feira (11) a terceira fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, que será em duas etapas: a primeira, no período de 11 a 17 de maio, para crianças de seis meses a menores de seis anos de idade; pessoas com deficiência; gestantes e puérperas (pós-parto), com até 45 dias; e a segunda etapa para adultos, de 55 a 59 anos, e professores das escolas públicas e privadas, no período de 18 de maio a 5 de junho.

 

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), na Paraíba, a previsão é vacinar 845 mil e 444 pessoas. Já foram distribuídas para os municípios 283 mil e 640 doses, ou seja, 30% do total.  Nesta quinta-feira (7), o estado receberá mais 30% das doses do Ministério da Saúde, totalizando 60% e, até o final da campanha, chegarão os 40% restante.



 

O Ministério da Saúde tomou a decisão de realizar a Vacinação, com três semanas de antecedência, por conta da Covid-19. Inicialmente, a terceira fase seria entre os dias 9 e 22 de maio, sendo o Dia D de mobilização nacional em 9 de maio. Com a alteração para o período entre 11 de maio a 5 de junho, houve a divisão em duas etapas e o cancelamento do dia D.

 

A meta é vacinar, pelo menos, 90% de cada grupo prioritário. “Embora esta vacina não proteja contra o coronavírus, pretende-se proteger, de forma antecipada, a população contra a influenza, além de minimizar o impacto sobre os serviços de saúde, auxiliando na exclusão de diagnósticos em virtude da nova doença”, disse a assessora técnica de imunização, da SES, Milena Vitorino.

 

Os sintomas da influenza são semelhantes aos da Covid-19 e a antecipação visa reduzir a carga de circulação da influenza na população, bem como suas complicações e óbitos, especialmente nas pessoas que apresentam fatores ou condições de risco. A vacina protege contra os vírus influenza A (H1N1) pdm09, A (H3N2) e Influenza B.

 

Na primeira fase, foram vacinados os idosos e profissionais de saúde e na segunda, profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários – Secom-PB.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas