....
....

16/05/2020

Pesquisador do Nutes UEPB é selecionado para gerenciar projeto sobre vacina contra a Covid-19 em São Paulo


O pesquisador do Núcleo de Tecnologias Estratégicas em Saúde (Nutes) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Roberto Carlos Júnior, foi selecionado como gerente de projeto para o estudo “Desenvolvimento de vacina para SARS-CoV-2 utilizando VLPs”, liderado pelo professor Jorge Kalil, no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), e desenvolvido junto ao Incor (Instituto do Coração).

 

Trata-se de uma iniciativa que visa utilizar a plataforma de vacinas baseadas em partículas vírus símile (vírus like particles, ou VLP) conjugando sequências peptídicas do SARS-CoV-2 aos Q²VLPs e VP1VLPs da proteína Spike, utilizando-os como mecanismo de entrega de antígenos peptídicos aos componentes celulares do sistema imunológico. Roberto Carlos foi selecionado por meio de entrevista com Jorge Kalil, sobre gerenciamento de saúde. Como já trabalhava no Nutes com as ferramentas necessárias para o projeto de gerenciamento, foi aceito.



 

“Sempre serei grato ao Nutes. Toda essa conquista tem grande parte da instituição que represento. Os aprendizados com os professores do Mestrado em Ciência e Tecnologia em Saúde e do Nutes, coordenadores de laboratórios e colegas de pesquisas tem servido do dia após dia para cada decisão que tenho que tomar que envolve o projeto. A vacina é uma realidade que acontecerá em questão de tempo e trará grande impacto a toda população. Não há dúvidas que é um grande privilégio fazer parte deste momento”, disse o pesquisador – Assessoria.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas