....
....

07/10/2020

Morre o jornalista esportivo Dalmo Pessoa, aos 78 anos; ele atuou na Bandeirantes, Tupi, Record e Gazeta


Morreu nesta terça-feira, 06, aos 78 anos, o jornalista Dalmo Pessoa. Um dos maiores nomes da história da crônica esportiva brasileira, o ex-integrante do programa Mesa Redonda, da TV Gazeta, estava com uma forte pneumonia e faleceu no Hospital Trasmontano, em São Paulo. Dalmo estava internado há algum tempo, mas, nos últimos dias, o quadro se agravou, e ele não resistiu. Nos últimos anos, o histórico jornalista já havia perdido a memória.

 

Dalmo Pessoa foi um dos mais importantes integrantes do Mesa Redonda, tradicional programa de esportes dominical da TV Gazeta. Ao lado de nomes como Roberto Avallone, Fernando Solera, Chico Lang e Flavio Prado, ele marcou época na atração, que até hoje está no ar e debate os jogos e polêmicas da rodada no futebol brasileiro. A saída do programa aconteceu em 2010.



 

Dalmo participou também do debate esportivo precursor dos programas no formato de “mesa redonda” em São Paulo, o “Mesa Redonda Futebol é com 11”, apresentado por Milton Peruzzi. Pessoa anda foi comentarista de rádio, tendo trabalhado em Tupi, Record e Bandeirantes, e cobriu pelo menos sete edições de Copa do Mundo, chegando a formar dupla de transmissão com o icônico narrador Fiori Gigliotti.

 

Nos últimos anos de vida, já distante do jornalismo, ele se dedicou às funções de diretor comercial do Hospital Igesp e diretor administrativo do plano de saúde Trasmontano. Jornalista, comentarista, economista e contabilista, Dalmo também foi vereador em duas oportunidades em São Paulo – JP.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas