....
....

01/12/2020

Organização Mundial da Saúde alerta para situação muito preocupante da pandemia no Brasil


O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, alertou nesta segunda-feira (30) que a situação da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2) no Brasil é "muito, muito preocupante" e o país deveria levar a situação a sério.

 

"Gostaria que o Brasil levasse a sério. Os casos de 2 a 26 de novembro voltaram a dobrar e as mortes também aumentaram significativamente. A situação é muito, muito preocupante", afirmou o representante da OMS, durante coletiva de imprensa em Genebra.



 

De acordo com Ghebreyesus, a pandemia de Covid-19 está evoluindo no país sul-americano, onde quase 173 mil pessoas morreram e 6,3 milhões foram contaminadas. No ranking mundial, o Brasil ocupa a segunda posição entre as nações com mais vítimas e é o terceiro com mais casos da doença.

 

Desde o início da pandemia, o presidente Jair Bolsonaro nega a gravidade do Sars-CoV-2 e tem dado declarações polêmicas sobre a doença, além de incentivar aglomerações e muitas vezes não utilizar máscara de proteção, medidas que a OMS recomendou para evitar a propagação do vírus.

 

Na semana passada, inclusive, o líder brasileiro afirmou que não pretende se vacinar contra a Covid-19, quando uma imunização ficar disponível.

 

"Eu digo para vocês, eu não vou tomar, é um direito meu", afirmou em uma live no Facebook, na quinta-feira (26) – ANSA.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas