....
....

04/12/2020

Polícia identifica suspeitos de matar menina de 2 anos e mulher em crimes relacionados a disputa por tráfico de drogas


A Polícia Civil identificou dois suspeitos das mortes da menina Heloísa Dias Nascimento, de dois anos, e de Sandra dos Santos Calixto, de 45 anos, no bairro Planalto, em Linhares, no Norte do Espírito Santo. As investigações seguem em andamento desde a noite da quarta-feira (2), quando o crime aconteceu.

 

De acordo com o delegado Tiago Cavalcante, os suspeitos são dois homens. A polícia já solicitou à Justiça mandado de prisão contra os dois.



 

Os nomes e as fotos deles ainda não serão divulgados porque o mandado ainda não foi concedido. Mas, de acordo com o delegado, assim que a Justiça concedê-lo, a polícia vai divulgar nomes e fotos dos suspeitos, para que a população ajude a encontrar esses suspeitos o mais rápido possível.

 

De acordo com o delegado, os dois homens são moradores de Linhares. Um deles teve participação na morte de Francisco Calixto, marido de Sandra, que também aconteceu no bairro Planalto.

 

Ainda segundo o delegado, essa mesma pessoa também estava envolvida no assassinato de um jovem de 22 anos identificado apenas como Marcelo, no mesmo bairro. As investigações apontam que todos esses assassinatos têm relação com a disputa pelo tráfico de drogas no bairro.

 

O caso

 

Sandra foi baleada na última quarta-feira na porta de uma casa no bairro Planalto. A menina Heloísa, que é filha de uma vizinha, estava com ela no momento do crime e também foi morta.

 

Uma adolescente de 15 anos, filha de Sandra, também foi baleada, mas sobreviveu – G1.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas