....
....

05/12/2020

Policial civil morre baleado pelo parceiro após discussão em acidente de trânsito; médico que atendia os dois saiu baleado


Um policial civil morreu baleado pelo parceiro nesta sexta-feira (4) em uma discussão depois de se envolverem em um acidente de trânsito em Santa Cruz do Rio Pardo (SP).

 

O acidente aconteceu no quilômetro 304 da Rodovia João Batista Cabral Rennó, quando a viatura descaracterizada da Polícia Civil com os dois policiais, que trabalham em Presidente Prudente (SP), bateu na traseira de um caminhão.



 

Segundo apurado pela TV TEM, os policiais tiveram ferimentos e funcionários da concessionária que administra a rodovia foram atender as vítimas.

 

Durante o atendimento, os policiais se envolveram em uma discussão e um deles atirou contra o outro.

 

Um médico da concessionária tentou separar a briga e também acabou ferido. Os três foram levados para o pronto-socorro da Santa Casa de Santa Cruz do Rio Pardo, mas o policial baleado não resistiu aos ferimentos e morreu. O caso será investigado pela polícia.

 

Durante a tarde, delegados da Corregedoria de Bauru e de Presidente Prudente estiveram na delegacia de Santa Cruz do Rio Pardo para dar encaminhamento ao caso.

 

O policial e o médico já receberam alta do hospital e foram levados para a delegacia onde prestaram depoimento. O policial foi preso.

 

Consultada pela reportagem, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informa que "o caso está sendo investigado pela Corregedoria da Polícia Civil de Bauru". A SSP ressalta ainda que a Polícia Civil "oferece programas de apoio e acompanhamento aos seus efetivos" – G1.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas