....
....

12/12/2020

Polícia prende suspeitos de integrar quadrilha que atacava postos de combustíveis em João Pessoa


A Polícia Militar prendeu dois integrantes de uma quadrilha especializada em roubar caminhões para usar os veículos em ataques a postos de combustíveis, em João Pessoa. A prisão aconteceu na madrugada da sexta-feira (11), após o Grupamento de Ações Táticas Especiais (GATE) do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) da Polícia Militar frustrar uma ação que eles planejavam cometer contra um posto do bairro do Rangel. Os presos têm 26 e 25 anos.

 

Eles fazem parte de uma quadrilha formada por quatro acusados que, por volta das 2h desta sexta-feira, solicitou os serviços de uma empresa de caminhão reboque para buscar o carro que eles estavam, na Avenida Ranieri Mazilli, no Cristo Redentor. Quando o caminhão chegou, eles fizeram o motorista de refém e foram com o veículo até um posto de combustíveis do Rangel, onde iriam, com o caminhão em marcha à ré, destruir a estrutura que guarda o cofre do estabelecimento, mas perceberam a presença da PM no bairro e tiveram que desistir do crime. Nas buscas, os dois acusados foram presos e um carro foi apreendido com eles.

 

Os outros dois suspeitos abandonaram o caminhão reboque com o motorista no bairro do Valentina de Figueiredo e fugiram. A mesma quadrilha, conforme as primeiras informações, teria agido contra outros dois postos, em Oitizeiro e Castelo Branco, também este ano, na Capital.

 

Os presos foram apresentados na Central de Flagrantes, no Geisel – Secom-PB.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas