....
....

22/12/2020

Governo brasileiro quer acabar com as compras parceladas “sem juros” ou com “taxa zero” ao consumidor


Fazer uma compra parcelada sem juros ou com a chamada taxa zero se tornou uma prática comum no comércio brasileiro, principalmente para os consumidores que fazem o pagamento em cartão de crédito. No entanto, essa medida pode estar com os dias contados.

 

Segundo o Uol, a Câmara dos Deputados deve votar ainda neste ano um projeto de lei que proíbe estabelecimentos comerciais de anunciarem parcelamento sem juros ou com taxa zero ao consumidor.



 

Em um primeiro momento, os parcelamentos em cartões de crédito ficariam de fora da mudança. No entanto, o governo pretende incluir também este meio de pagamento na lei, que proíbe o anúncio do parcelamento dos juros e que passaria a ser considerado propaganda enganosa.

 

Representantes do setor varejista questionam a mudança e afirmam que essa é uma prática adotada pelo comércio para incentivar, principalmente, as compras de maiores valores. Afirmam ainda que conseguem passar o custo do parcelamento para outra operação garantindo, de fato, divisão do débito sem juros – Istoé Dinheiro

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas