....
....

26/02/2021

Projeto aprovado: Câmara de Campina terá Frente Parlamentar de Defesa das Pessoas com Doenças Raras e Autistas


O vereador Olimpio Oliveira teve aprovado nesta quarta-feira (24), na Câmara Municipal de Campina Grande (CMCG), o seu Projeto de Resolução nº 006/2021 que renova, no âmbito da Casa Legislativa, a Frente Parlamentar de Defesa de Políticas de Atenção às Pessoas com Doenças Raras, estendendo essa Frente às Pessoas com Transtorno do Espectro Autista, com vigência para a 18ª Legislatura.

 

Segundo Olímpio, foi importante ampliar a frente, instalada por sua autoria em 2019, às pessoas com Transtorno do Espectro Autista. “Decidimos ampliar as atribuições da Frente, incluindo as Pessoas Com Espectro Autista como destinatários e beneficiários das ações que serão desenvolvidas doravante. Afinal, essas pessoas enfrentam as mesmas dificuldades para o reconhecimento de direitos e para a inclusão, que as pessoas com doenças raras”, disse o parlamentar.



 

De acordo com Olímpio, a Frente vai atuar na promoção de estudos, audiências e debates com o intuito de propor medidas que contribuam para garantir o acesso à saúde a todas as pessoas com Doenças Raras e com Espectro Autista; também via atuar, em colaboração com entidades representativas, para encaminhar sugestões e estudos deliberados pela frente aos órgãos competentes, nas três esferas de Poder; além de promoção de ações que estimulem a conscientização sobre a importância da inclusão social das Pessoas com Doenças Raras e com Espectro Autista.

 

Dia Mundial das Doenças Raras

 

Nesta quinta-feira (25) a Câmara de Campina Grande realizou uma audiência pública com os integrantes da Frente, em homenagem ao Dia Mundial das Doenças Raras, comemorada nesta data. A audiência partiu de uma propositura do vereador Olimpo Oliveira.

 

Além das lideranças políticas que encabeçam a luta pela causa, participaram do debate portadores e familiares que compõem a associação AME Paraíba (Atrofia Muscular Espinhal), como portadores e familiares do Transtorno do Espectro Autista. Eles debateram assuntos relacionados a dificuldades e obstáculos enfrentados por pessoas com doenças raras e autismo, formas de tratamentos, medicamentos e terapias alternativas – Assessoria.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas