....
....

09/03/2021

Dona Olinda, mãe de Bolsonaro, toma a segunda dose da Coronavac, a vacina da China contra a Covid-19


A mãe do presidente Jair Bolsonaro tomou a segunda dose da vacina contra a COVID-19 nesta segunda-feira (8), em Eldorado, no interior de São Paulo. Dona Olinda Bonturi Bolsonaro, que neste mês completará 94 anos, recebeu o imunizante da Coronavac, desenvolvido pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto paulista Butantan.

 

Por ter tomado a CoronaVac, ela tinha entre 21 e 28 dias para se imunizar. Se tivesse recebido a vacina da Universidade de Oxford, feita em parceria com a farmacêutica AstraZeneca, teria de esperar no mínimo três meses.



 

O presidente, em uma live no Facebook dia 18 de fevereiro, negou que sua mãe tenha tomado a CoronaVac, vacina que em várias ocasiões ele atacou. O governador de São Paulo,  João Doria, chegou a declarar que  era “completamente desnecessária a polêmica criada pelo presidente.

 

Dúvida

 

Na fase anterior à aprovação pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Bolsonaro pôs em dúvida a eficácia do composto, disse que o governo não o compraria por, segundo ele, não ter credibilidade e ter origem na China. Também o incomodava o fato de seu adversário político João Doria, governador de São Paulo, ter feito primeiro um acordo com a Sinovac.

 

Na live, Bolsonaro chegou a ler, sem exibir à câmera, um cartão de vacinação com a palavra Oxford no local do nome da vacina e afirmou que foi esta, com certeza, a que sua mãe tomou.

 

O que ele não mostrou, mas o cartão enviado pela Presidência  confirma, é que o número do lote assinalado pelo enfermeiro de Eldorado era 200278, pertencente ao Butantan. Também ignorou ao vivo a data da segunda dose, marcada três semanas após a primeira – EM.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas