....
....

12/03/2021

Bolsonaro critica auxílios dados por governadores na pandemia: “eles querem fazer o bolsa família próprio”


O presidente Jair Bolsonaro criticou nesta 6ª feira (12.mar.2021) benefícios dados pelos Estados durante a pandemia de covid-19. Segundo ele, a liberdade da população fica em risco quando mais pessoas vivem “de favor” do Estado.

 

“O pessoal vai devagar, devagar, tirando seus meios, tirando sua esperança, tirando teu ganha pão. Você passa a ser obrigado a ser sustentado pelo Estado. Você viu que tem governador agora falando em auxílio emergencial. Eles querem fazer o Bolsa Família próprio. Quanto mais gente viver de favor do Estado, mais dominado fica esse povo.”



 

A fala foi direcionada a apoiadores do presidente dentro do Palácio da Alvorada. Em fevereiro, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou o aumento do programa Bolsa Trabalho para R$ 450. O antigo valor era de R$ 330.

 

A Câmara dos Deputados concluiu na madrugada desta 6ª feira (11.mar) a votação da PEC (proposta de emenda à Constituição) emergencial, que já havia passado pelo Senado. O projeto autoriza o governo a gastar R$ 44 bilhões em uma nova versão do auxílio emergencial pago a trabalhadores vulneráveis durante a pandemia. Também estipula mecanismos de contenção de despesas. Leia aqui uma explicação alentada sobre a PEC.

 

O novo auxílio emergencial deve consistir em 4 parcelas com valor médio de R$ 250. A expectativa é que seja criado por meio de medida provisória editada na próxima semana – Poder 360.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas