....
....

15/03/2021

Vendedor de frutas e verduras diagnosticado com Covid-19 descumpre isolamento e é preso trabalhando


Um homem de 48 anos, diagnosticado com COVID-19, foi preso pela Polícia Civil nesta quinta-feira (11/3), acusado de colocar pessoas em risco de contaminação, em Cachoeira de Minas, no Sul do estado. Ele trabalhava no Ceasa local, manuseando legumes e hortaliças.

 

Segundo o delegado Ricardo Maximiano, depois de receber uma denúncia, uma equipe de policiais de Cachoeira de Minas foi até a central de abastecimento de produtos agrícolas, onde o produtor rural trabalhava normalmente, manuseando os produtos e atendendo os clientes, mesmo tendo confirmação laboratorial de estar com COVID-19. Ele foi preso em flagrante.



 

“Nossa equipe foi imediatamente ao centro de comércio de insumos agrícolas para apurar a situação e encontramos o suspeito, com o exame de COVID-19, que apresentou resultado positivo, e encontramos o produtor trabalhando normalmente em contato com outras pessoas, colocando em risco a saúde pública, desrespeitando a lei e as diretrizes da pandemia”, detalha o delegado.

 

O investigado pode responder pelos crimes de colocar pessoas em perigo de contágio de moléstia grave e por infringir determinação do poder público que visa impedir propagação de doença contagiosa. A pena pelos dois crimes é superior a quatro anos.

 

O homem foi encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá preso, seguindo as medidas de isolamento e prevenção à COVID-19, para que outros presos não sejam contaminados – EM.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas