....
....

19/03/2021

Mulher que recebeu mensagem de vizinhas pedindo para que ela deixe de usar “shortinhos” e roupas de academia no condomínio


A técnica de laboratório Najhara Noronha, de 36 anos, estava em casa, em Brasília, na quarta-feira (17), fazendo uma prova online da faculdade, quando foi surpreendida com um e-mail. Segundo ela, vizinhas pediram que a moradora do Sudoeste não transitasse nas áreas comuns do prédio com roupas de academia e "shortinhos" (veja texto abaixo).

 

A notificação, com o título "Solicitação de vestuário apropriado", foi assinada pelo "Conselho de Mulheres" do condomínio. O texto pede que Najhara não use "vestes que não sejam bermudas ou roupas mais adequadas". A justificativa, é que a vizinha estava fazendo os casais se sentirem constrangidos.



 

A moradora conta que após receber o e-mail procurou dois funcionários do prédio, que não souberam informar de onde saiu a mensagem, e nem falar sobre a existência de um Conselho de Mulheres. Najhara diz que, então, acionou um advogado "para analisar o caso", e o síndico – que, segundo ela, até a manhã desta quinta-feira (18) não havia respondido.

 

O G1 também não conseguiu falar com o síndico do condomínio até a última atualização da reportagem.

 

Najhara diz que mora no local há um ano e cinco meses, e que usa pouco as áreas de convivência. "Circulo apenas quando saio pra praticar esportes", explica, ao se declarar surpresa com o e-mail.

 

"A questão de um grupo de mulheres, ou apenas uma mulher, se achar no direito de definir o que eu posso vestir ou não, não há nada que justifique um comportamento desses", diz Najhara – G1.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas