....
....

23/03/2021

Nilda Gondim se reúne com ministra Damares Alves para viabilizar projetos em favor da mulher na Paraíba


A senadora Nilda Gondim (MDB-PB) se reuniu, na tarde de sexta-feira (19), por meio de videoconferência, com a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Regina Alves. Na pauta, a viabilização de recursos federais para financiar projetos voltados para a melhoria da qualidade de vida das mulheres paraibanas, dentre os quais a instalação da Casa da Mulher Brasileira - equipamento de atendimento humanizado que vai facilitar o acesso da mulher a serviços especializados capazes de garantir condições de enfrentamento à violência doméstica e autonomia econômica das mulheres.

 

A implantação do projeto está à cargo da Defensoria Pública do Estado da Paraíba, que dispõe do prédio onde funcionou o antigo Hotel Tropicana, no Centro da Capital João Pessoa, e depende de recursos públicos para ser legalizado, reformado e posto em funcionamento. Em fevereiro passado, por meio de videoconferência, Nilda Gondim garantiu ao defensor público-geral da Paraíba, Ricardo Barros, que iria se empenhar pessoalmente junto à ministra Damares para viabilizar a implantação da Casa da Mulher Brasileira em João Pessoa, e que também iria defender a implantação do mesmo projeto em outros municípios paraibanos.



 

Na mesma ocasião, a senadora emedebista informou sobre a destinação, por ela e pelo senador Veneziano Vital, de emendas parlamentares ao Orçamento Geral da União no valor total de R$ 500 mil (R$ 250 mil cada) para ajudar na implantação do projeto. Ela disse também que iria defender junto à bancada paraibana no Congresso Nacional para que mais recursos sejam destinados ao empreendimento, por considerá-lo “uma iniciativa nobre, necessária e urgente.

 

Dando seguimento ao que prometeu aos dirigentes da Defensoria Pública da Paraíba, a senadora Nilda Gondim determinou à sua assessoria gestões urgentes junto ao Ministério da Mulher para que, por meio de videoconferência, ela pudesse defender junto à ministra Damares Alves, não somente a implantação da Casa da Mulher Brasileira na Capital paraibana, mas também de outras iniciativas capazes de trazer benefícios para as mulheres, principalmente projetos focados na questão do empreendedorismo feminino, uma vez que, “no pós pandemia, as mulheres vão precisar muito se desenvolver para ajudar a movimentar e recuperar a economia”.

 

Compromisso

 

Durante o encontro com a senador Nilda Gondim, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, disse ter um carinho especial pela Capital da Paraíba e garantiu que tão logo seja publicado o Orçamento da União, vai envidar esforços para que sejam liberados recursos destinados à implantação da Casa da Mulher Brasileira.

 

Damares disse também que, até o final do seu mandato de ministra, pretende realizar inúmeros cursos profissionalizantes nos municípios paraibanos, nos moldes de vários que, segundo ela, já contemplaram municípios como Areia, Cabedelo e outros. A ministra falou também dos projetos voltados para os nano e microempreendedores que têm por base a criação de linhas de crédito para financiar e ajudar as mulheres especializadas em atividades como costureiras, confeiteiras, entre outras.

 

Feliz por encontrar na ministra Damares uma parceira para contribuir com a execução do projeto da Casa da Mulher Brasileira, a senadora Nilda Gondim ficou encarregada de intermediar as conversas entre o Ministério da Mulher e os órgãos competentes do município de João Pessoa e do Estado para viabilizar a implantação do projeto. Nilda também se comprometeu em fazer gestões junto à Defensoria Pública do Estado para que seja providenciada e regularizada a documentação necessária para andamento do projeto junto às instâncias competentes, dentre elas a Caixa Econômica Federal – Assessoria.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas