....
....

28/03/2021

Bolsonaro é condenado a pagar indenização de danos morais por ataque de cunho sexual a repórter da Folha de S. Paulo


A juíza Inah de Lemos e Silva Machado, da 19ª Vara Civil de São Paulo condenou o presidente Jair Bolsonaro a pagar R$ 20 mil de indenização por danos morais para a jornalista Patrícia Campos Mello, repórter da ‘Folha de S. Paulo’.

 

Segundo a Folha, o presidente ainda terá que pagar todos os custos do processo e os honorários dos advogados, equivalente a 10% do valor da condenação (R$ 2 mil). Bolsonaro ainda pode recorrer.



 

“A utilização no sentido dúbio da palavra ‘furo’ em relação à autora repercutiu tanto na mídia como também nas redes sociais, expondo a autora”, disse a juíza.

 

Em 18 de fevereiro de 2020, Bolsonaro fez um ataque de cunho sexual para a jornalista. “Ela (repórter) queria um furo. Ela queria dar o furo”, disse Bolsonaro aos risos e depois ainda disse: “a qualquer preço contra mim”.

 

A declaração foi após Hans Nascimento, ex-funcionário de uma empresa responsável por disparar mensagens em massa pelo WhatsApp, falar durante depoimento para  CPMI das Fake News que Patrícia queria “um determinado tipo de matéria a troco de sexo”. A informação foi compartilhada pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro – Istoé.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas