....
....

18/04/2021

Policial Militar que estava de folga salva idosa de incêndio em João Pessoa: “poucos minutos para agir”


Uma idosa que estava com a casa em chamas foi salva pela atitude de um soldado da Polícia Militar, na noite desse sábado (17), no bairro de Mangabeira VII, na zona sul de João Pessoa. O soldado Marcelino estava de folga, mas ao saber do incêndio foi imediatamente até a residência e conseguiu retirar a vítima do local. O militar ainda entrou na casa e desligou o registro do gás para evitar que houvesse mais prejuízos para a idosa.

 

O policial revelou que ficou preocupado porque a casa estava trancada. “Foi tudo muito rápido e tive poucos minutos para agir. Fui informado por um vizinho da idosa que ela estava com a cozinha da casa em chamas. Quando cheguei ao local, a residência estava trancada e lá de dentro vinham os gritos de socorro. Consegui arrombar a porta e subi em uma estrutura de telhado que tinha lá para poder puxar a idosa, foi então que ela veio e eu disse que saísse que eu iria apagar o fogo. Ela me deu a mão e consegui retirá-la sem nenhum ferimento”, detalhou.



 

Após salvar a vítima, o soldado chamou o Corpo de Bombeiros Militar e enquanto aguardava a equipe, ele desligou o registro do botijão que estava provocando o incêndio. As chamas danificaram toda a cozinha, o fogão e a geladeira da idosa, que estava sozinha em casa no momento do ocorrido. Ela foi atendida no local e não precisou ser encaminhada para o hospital.

 

O soldado Brunno Weslley Marcelino do Nascimento, que fez a intervenção para evitar que a idosa morresse carbonizada, é policial militar há quatro anos. Ele atua na Força Tática da 1ª Companhia Independente da PM, no Litoral Sul da Paraíba – Secom-PB.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas