....
....

10/05/2021

Veneziano enaltece programa “Prato Cheio” do Governo do Estado e volta a criticar fechamento de restaurantes populares em Campina


O Vice-Presidente do Senado Federal, senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB) elogiou, em postagem nas redes sociais, a iniciativa do Governo do Estado da Paraíba em instituir o programa “Prato Cheio” em Campina Grande, em socorro a pessoas carentes, que passaram a ter refeições gratuitas diariamente.

 

O programa foi implantado há cerca de 20 dias e vem matando a fome de centenas de campinenses que estão em situação de rua, sobretudo pela ausência dos restaurantes populares e das cozinhas comunitárias inaugurados na época em que Veneziano era prefeito de Campina Grande, mas desativados há mais de oito anos, pela gestão que antecedeu a atual.



 

Este fato também foi lembrado por Veneziano ao criticar a administração municipal que, mesmo nesta época em que as pessoas enfrentam uma pandemia sem precedentes, não teve, segundo ele, a sensibilidade para reabrir os equipamentos. Atualmente, apenas um restaurante popular funciona em Campina Grande, no centro da cidade, mantido pelo Governo do Estado.

 

“Numa cidade onde a insensibilidade fechou restaurantes populares e cozinhas comunitárias há mais de 8 anos, por uma gestão cuja continuidade se nega a reabri-los, mesmo diante da extrema necessidade gerada pela pandemia, esta ação do Governo da Paraíba voltada para garantir refeições para população que mais precisa merece nosso reconhecimento. Parabéns, governador João Azevedo”, afirmou Veneziano, sobre o programa “Prato Cheio”.

 

“Prato Cheio” - O programa distribui mil refeições diárias para pessoas em situação de rua em Campina Grande, sendo 300 cafés da manhã, 400 almoços e 300 jantares, uma ação do Governo do Estado que se une a outras ações de apoio alimentar da gestão do governador João Azevêdo. Na cidade, o Governo da Paraíba já disponibiliza 1.500 refeições diárias no Restaurante Popular, além de promover a entrega de cestas básicas para as famílias nesta pandemia.

 

Restaurantes Fechados – Na gestão de Veneziano como prefeito de Campina Grande a cidade ganhou dois restaurantes populares, sendo um no Centro, inaugurado em 2006; e outro no Distrito dos Mecânicos, inaugurado em 2009; além de 9 cozinhas comunitárias, instaladas no José Pinheiro, Malvinas, Galante, Bodocongó, Liberdade, São José da Mata, Pedregal, Jeremias e Catingueira, uma espécie de mini restaurantes populares. Ao todo, os restaurantes e as cozinhas forneciam mais de 7 mil refeições diárias. Todos foram desativados no início de 2013 – Assessoria.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas