....
....

11/05/2021

Mais um caso: menino de 3 anos morre após ser agredido em apartamento; mãe foi presa e é investigada


Gael de Freitas Nunes, de três anos, foi encontrado com ferimentos graves em um apartamento na Bela Vista, em São Paulo, e faleceu na madrugada desta terça-feira (11). Sua mãe, de 37 anos, foi presa pela Polícia Civil.

 

De acordo com o Boletim de Ocorrência, Gael Nunes foi encontrado já desacordado por sua tia-avó, que morava junto com a mãe do menino. O Samu foi acionado, mas, ao chegar no local, a criança já sofria parada cardiorrespiratória. A morte foi constatada antes do menino ser levado a um hospital.



 

As autoridades consideram a mulher de 37 anos como suspeita de ser a autora das agressões que resultaram no óbito. Ela prestou depoimento à 1º Delegacia de Defesa da Mulher, no Cambuci, mas não há informações sobre o que foi dito até o momento.

 

A Polícia Militar, acionada pelo Samu no momento do socorro, disse que a mãe de Gael passou por um surto psicótico. O médico, quando chegou no local, tentou falar com ela, sem sucesso. 

 

A tia-avó, em seu depoimento, afirmou que chegou a ouvir barulhos fortes de batidas na parede e de vidro quebrando na cozinha da casa. Quando chegou ao cômodo, encontrou a criança deitada no chão, com vômito e coberta por uma toalha de mesa.

 

A Santa Casa de São Paulo informou, por meio de nota, que Gael Nunes chegou na unidade em processo de reanimação pela equipe do SAMU e seguiu assim até ser determinado o óbito.

 

A Secretaria da Segurança Pública de São Paulo informou que a mãe do menino foi encontrada em estado de choque e foi encaminhada para um hospital psiquiátrico – Veja São Paulo.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas