....
....

29/05/2021

Bolsonaro ataca padre após foto abençoando Lula; religioso responde: “o Sr. Presidente seja abençoado também”


O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) fez comentários nesta sexta-feira (28) atacando o padre Julio Lancellotti durante uma conversa com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada, em Brasília. As informações são do UOL.

 

No comentário, motivado após a publicação de uma foto do padre abençoando o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, divulgada nesta semana, Bolsonaro relembra um caso de extorsão envolvendo o religioso, em 2004, e fez insinuações sem apresentar provas de que Lancellotti teria “dado uma Pajero para alguém”.



Foto: Reprodução/Instagram

 

“Publicaram uma foto do Lula com o padre Lancellotti, de São Paulo. Eu não vou falar tudo aqui, não. Mas o Lancellotti deu uma Pajero para alguém um tempo atrás… Não vou falar tudo porque tem gente gravando. Ninguém vai dar uma Pajero assim, né? Então esse padre é daquele padrão: é o ‘Padre Pajero’, né? Então, os caras botam o padre com o Lula e acham que o padre é aquele padre sério, responsável”, disse Bolsonaro.

 

O caso que Bolsonaro cita diz respeito a um fato ocorrido em 2004, quando o padre Julio Lancellotti disse ter sido extorquido por um ex-interno da antiga Febem (hoje Fundação Casa) Anderson Marcos Batista, na época com 25 anos.

 

De acordo com o padre, o ex-interno ameaçava procurar a imprensa para denunciá-lo por pedofilia, na qual o alvo do crime seria o enteado de Batista, de 8 anos. Lancellotti também disse que foi alvo de ameaças de agressão.

 

À época, o padre gravou as conversas nas quais era chantageado e as entregou à polícia, e afirmou que pagou por medo de ser agredido e por achar que pudesse “mudar as pessoas que o extorquiam”.

 

Ainda de acordo com o UOL, as investigações mostraram que Batista e sua mulher compraram pelo menos cinco carros de luxo com dinheiro de extorsão, entre eles uma Pajero, o carro citado por Bolsonaro a seus apoiadores. O veículo foi financiado em nome de Lancellotti.

 

Encontro de Padre Julio com Lula

 

Na última terça-feira (25), Lula fez uma publicação em suas redes sociais de um encontro com o padre Julio, na qual dizia que um dos seus maiores orgulhos de quando foi presidente é de que, todo ano, na semana anterior ao Natal, ele se encontrava com o padre em algum viaduto de São Paulo para participar do Natal dos Catadores.

 

“Durante os oito anos da minha Presidência, todo 22 ou 23 de dezembro, a gente marcava e vinha aqui embaixo de algum viaduto em São Paulo pra participar do Natal dos Catadores. Isso é uma lembrança que marca minha vida e pra mim é motivo de muito orgulho”, disse Lula.

 

Em uma das fotos postadas por Lula, ele recebe uma bênção do padre. Ao final da mensagem, Lula diz: “Padre Julio, quero que você tenha certeza que vou ser um soldado da sua luta. Você pra mim é exemplo e motivo de orgulho” – Istoé.

 

Em resposta ao ataque do presidente, o religioso enviou uma nota ao site Metrópoles. Veja a íntegra:

 

“Todas as pessoas são necessitadas das bênçãos de Deus. A ninguém deve ser negado este gesto de fé e de carinho pastoral.

Os ministros religiosos são instrumentos, a benção é de Deus.

O Sr. Exmo Presidente seja abençoado também e seja sinal de vida e esperança para o nosso povo, principalmente neste momento de tanta dor e sofrimento.

Quanto aos fatos aludidos a denúncia foi feita por mim.

O processo foi transitado e julgado e eles, condenados”.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas