....
....

30/05/2021

Homem nega mostrar o celular pra mulher, é agredido, se tranca no banheiro e pede a amigo para chamar a polícia


Com medo de ser morto pela companheira, de 23 anos, um homem de 55 se trancou no banheiro e pediu para um amigo acionar a Polícia em Uberaba, no Triãngulo Mineiro.

 

Como a suspeita não abriu a porta de apartamento, situada no Bairro Universitário, os policiais militares tiveram que arrombar o local para depois libertar a vítima do banheiro. O homem foi encontrado com várias lesões pelo corpo, causadas por unhadas e mordidas da companheira.



Foto: Pixabay

 

A agressão aconteceu na noite do último domingo (16/5), quando o homem, que foi ameaçado de morte, teria se negado a mostrar o seu celular para a companheira. No momento que a PM chegou ao local do crime havia várias garrafas de bebidas quebradas no chão da sala.   Conforme a ocorrência policial, no momento que a PM arrombou a porta de entrada do apartamento, a suspeita estava sentada na cama do quarto. Após ser libertado do banheiro da suíte onde estavam os envolvidos, a vítima contou aos militares que mantém um relacionamento com a suspeita há cerca de quatro meses e que as ameaças contra ele aconteceram após eles chegarem do clube.   A mulher pediu que ele que mostrasse o celular, mas, como ele negou, ela passou a agredi-lo com tapas, unhadas e mordidas. Em seguida ele se trancou no banheiro, onde permaneceu por cerca de meia hora até a chegada da PM.

 

Aos militares, o homem contou que enquanto ele estava trancado, a companheira promoveu quebradeiras no local, jogando várias garrafas de bebida alcoólicas ao solo.   Ainda de acordo com o registro policial, a suspeita confirmou o depoimento da vítima e disse ainda que tentou por diversas vezes arrombar a porta do banheiro para que pudessem "conversar". A porta estava com pequenos danos.   Após os primeiros interrogatórios, os envolvidos foram levados para a UPA São Benedito e, em seguida, foi dada voz de prisão em flagrante delito à suspeita, sendo conduzida com a vítima até a Delegacia de Polícia Civil (PC), onde foram ouvidos pelo delegado de plantão – EM.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas