....
....

21/06/2021

Homem ataca Memorial à Bíblia de Campina Grande com bomba e gera revolta na comunidade cristã


Um homem atacou o Memorial à Bíblia, localizado às margens do Açude Velho, em Campina Grande, destruindo parte da estrutura. O ataque ocorreu por volta das 22h30 do último sábado e foi registrado por câmeras de segurança.

 

Segundo as imagens, que estão em poder da polícia, um homem se aproximou e acionou o artefato ao lado do monumento, afastando-se rapidamente do local. Ao explodir, a bomba causou dano na estrutura do monumento. O fato foi repercutido durante o final de semana por várias pessoas.



Foto: Divulgação/Assessoria

 

O vereador Marinaldo Cardoso, presidente da Câmara de Campina Grande, lamentou o ocorrido e lembrou que o memorial presta tributo a um símbolo religioso de grande valor para católicos, evangélicos e outras confissões cristãs, de modo que o ataque representa, no seu entendimento, um ato alarmante de ofensa religiosa.

 

“O que é muito grave, porque não se pode admitir esse tipo de violência contra nenhum credo, por minoritário que seja, tanto quanto em relação à fé da absoluta maioria da nossa população”, ponderou o vereador, que informou que acompanhará com atenção a investigação do caso.

 

O vereador Alexandre do Sindicato (PSD) esteve na manhã deste domingo (20) no local para ver de perto o estrago. Para ele, não se trata apenas de um grave ato de depredação ao patrimônio público, mas de uma clara manifestação de ataque por motivos religiosos.

 

“Existe uma onda crescente de estímulo à intolerância contra a maioria cristã desse país, e aqui em Campina Grande não é diferente. Movimentos de afronta e perseguição, estimulados por setores ideológicos, têm cada vez mais mostrado a cara no intuito de intimidar evangélicos e católicos que se colocam contra a agenda diabólica destes segmentos”, comentou o vereador.

 

Alexandre do Sindicato garantiu que vai acompanhar de perto as investigações desse atentado, esperando que as autoridades policiais identifiquem os autores para que sejam responsabilizados pelo crime e revelou também que vai levar o tema da crescente intolerância organizada contra cristãos para debate na Câmara Municipal.

 

“Não podemos ficar inertes frente ao que está acontecendo. Há um estímulo cada vez maior ao ódio contra os cristãos, inclusive com o incentivo ao constrangimento, intimidação, ofensas morais e até mesmo físicas. Enquanto parlamentar, vou denunciar e enfrentar aqueles que estão por trás dessa intolerância”, assegurou Alexandre do Sindicato.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas