....
....

04/07/2021

Polícia Federal cumpre mandados contra suspeitos de divulgar pornografia infantil; homem de 37 anos é preso em flagrante


Policiais federais (PF) cumpriram neste sábado (03), em Macapá (AP), a três mandados judiciais de busca e apreensão contra suspeitos de armazenar e compartilhar pornografia infantil. Um dos investigados, um homem de 37 anos cujo nome não foi divulgado, foi detido em flagrante.

 

O delegado federal João Paulo Bastos, coordenador de operações da superintendência estadual da PF, disse à Agência Brasil que o homem detido era um dos alvos dos mandados cumpridos esta manhã. Em sua casa foram apreendidos equipamentos eletrônicos contendo material pornográfico envolvendo crianças e adolescentes.



Foto: Divulgação/Polícia Federal

 

Em nota, a PF afirmou que as duas operações deflagradas esta manhã, Hera e Loki, visam a apreender instrumentos utilizados pelos investigados e identificar outros possíveis envolvidos com a produção, armazenamento e/ou compartilhamento de material contendo pornografia infantil, crimes cujas penas podem chegar a dez anos de prisão.

 

No âmbito da Operação Hera, agentes do Núcleo de Repressão a Crimes de Ódio e Pornografia já haviam identificado que, entre os dias 26 de março e 3 de abril, um dos suspeitos baixou, da internet, material ilícito que disponibilizou a outras pessoas.

 

Já na Operação Loki, outros dois homens alvo dos mandados judiciais cumpridos hoje são investigados sob a suspeita de trocar material pornográfico infantil em aplicativos de mensagens instantâneas – Agência Brasil.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas