....
....

11/07/2021

Pela primeira vez, maioria dos brasileiros defende abertura de impeachment de Bolsonaro, afirma Datafolha


Um levantamento do Instituto Datafolha divulgado neste sábado (10) pelo jornal "Folha de S.Paulo" aponta que, pela primeira vez, a maioria dos brasileiros defende abertura de processo de impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

 

Veja o resultado:

 

Congresso Nacional deveria ou não abrir um processo de impeachment?

 

- Sim, deveria: 54%

- Não deveria: 42%

- Não sabe: 4%



Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

 

A pesquisa ouviu 2.074 pessoas nos dias 7 e 8 de julho em 146 cidades brasileiras. Foram entrevistadas pessoas acima de 16 anos. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos, dentro do nível de confiança de 95%.

 

Na última pesquisa, feita em 11 e 12 de maio, 49% dos brasilerios eram a favor do impeachment de Jair Bolsonaro. Já 46% eram contra o impeachment. Na ocasião, 4% não sabiam.

 

O Instituto Datafolha começou a questionar os entrevistados sobre o tema em abril de 2020. Pela primeira vez, o número de favoráveis ao processo ultrapassou os contrários.

 

Rejeição aumentou

 

Na semana passada, outra pesquisa do Datafolha mostrou que a reprovação ao governo Jair Bolsonaro chegou a 51%, a pior marca registrada desde o início do mandato do presidente, em janeiro de 2019. Eram 45% no levantamento anterior, em maio.

 

Outros 24% aprovam a gestão de Bolsonaro, mesmo índice de maio. Os que consideram a gestão do presidente regular caíram de 30% em maio para 24% na pesquisa divulgada na última quinta-feira (8).

 

Os resultados aparecem no momento em que a CPI da Covid investiga irregularidades, cobrança de propina e negociações paralelas para compra de vacinas. Bolsonaro virou alvo de um inquérito, no qual a Procuradoria Geral da República investiga se ele recebeu denúncia de problemas e deixou de tomar providências, o que se enquadra no crime de prevaricação.

 

'Superpedido' de impeachment

 

No dia 30 de junho, partidos políticos, parlamentares, movimentos sociais e entidades da sociedade civil protocolaram um "superpedido" de impeachment do presidente Jair Bolsonaro.

 

O documento foi assinado por 45 pessoas e reúne argumentos apresentados em outros 123 pedidos de impeachment já apresentados à Câmara. O texto atribui a Bolsonaro 23 crimes de responsabilidade – G1.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas