....
....

13/07/2021

Vice-presidente do Senado, Veneziano elogia fala de Mourão garantindo realização de eleições em 2022


O vice-presidente do Senado Federal, senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB) elogiou, nesta segunda-feira (12), a fala do vice-presidente da República, General Hamilton Mourão, garantindo a realização das eleições de 2022 no Brasil, mesmo que a proposta do voto impresso auditável, defendida pelo presidente Bolsonaro, não seja aprovada.

 

Na semana passada, Bolsonaro ameaçou as instituições ao afirmar que, sem o voto impresso não irá acontecer eleições no Brasil no ano que vem. Foi durante fala em que acusou o Tribunal Superior Eleitoral – TSE de participar de fraudes eleitorais, sem, no entanto, apresentar provas da acusação.



Foto: Divulgação/Assessoria

 

Ao destacar a fala de Mourão, Veneziano lembrou que, também na semana passada, criticou as Forças Armadas pela nota em que, desproporcionalmente, rebateu declarações do presidente da CPI da Covid no Senado, Senador Omar Aziz (PSD-AM) que, ao constatar integrantes das Forças Armadas envolvidos em denúncias relacionadas a erros ou superfaturamentos nas compras de vacinas no Brasil, citou o que seria uma “lado podre” das Forças Armadas.

 

Ao citar a fala de Mourão desta segunda, Veneziano a destacou como um “ato de pleno compromisso com o país”.

 

“Se coube o registro de repulsa aos desatinos inconsequentes dos representantes das Forças Armadas, quando lançaram-se contra as Instituições Democráticas; cabe-nos felicitar, em ato de pleno compromisso com o país, a fala do Vice-Presidente Mourão, em defesa das eleições em 2022” – Assessoria.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas