....
....

06/09/2021

“Boto o dinheiro onde quiser”, diz prefeito que teve R$ 505 mil em espécie apreendidos pela Polícia Federal


O prefeito de Cerro Grande do Sul, Gilmar João Alba (PSL), afirmou em entrevista à Rádio Gaúcha na manhã desta sexta-feira (3), que o dinheiro apreendido no Aeroporto de Congonhas, na capital paulista, seria utilizado em "oportunidade de negócios".

 

"Eles [a PF] dizem o que querem. Eu boto o dinheiro onde quiser, na caixa de papelão, no sapato, é meu", disse à rádio. Questionado sobre por qual motivo carregava R$ 505 mil em espécie, ele se esquivou.



Foto: Reprodução/Instagram

 

"Esse dinheiro eu ando pra oportunidade de negócios. E como é declarado e diz na receita que declarado anda em qualquer parte do Brasil. Então eu ando com meu dinheiro pra onde eu quiser", afirmou o prefeito

 

No dia 26 de agosto, a Polícia Federal apreendeu o dinheiro armazenado em caixas de papelão abrigadas na bagagem de mão de Alba.

 

Conhecido como Gringo Loco, Alba foi eleito em 2020 com mais de 2,4 mil votos para governar a cidade gaúcha de 12 mil habitantes – G1.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas