....
....

03/01/2022

Central de Transplantes encerrou o ano de 2021 com recorde de cirurgias realizadas na Paraíba: aumento de 387%


A Central de Transplantes da Paraíba chega ao fim de 2021 com a marca de 287 transplantes realizados no ano. O número equivale a um transplante a cada 30 horas. Comparando os dados com o mesmo período de 2020, a diferença representa um aumento de 387%. O resultado é o mais expressivo dos últimos 20 anos no estado.

 

Todas as vidas foram transformadas por meio da resposta positiva dos familiares, que autorizaram a doação dos órgãos. Do total, 246 pessoas tiveram uma nova chance de enxergar melhor com o transplante de córneas, três pacientes ganharam um coração, 14 um fígado, 16 um rim e oito fizeram transplante de medula óssea.



Foto: Divulgação/Secom-PB

 

As cidades de Campina Grande e João Pessoa foram as que mais responderam pelas notificações de potenciais doadores do estado. Para a chefe do núcleo de ações estratégicas da Central de Transplantes, Rafaela Carvalho, um dos fatores que colaboraram para o crescimento dos procedimentos em 2021 foi a sensibilização da população.

 

“A solidariedade dos paraibanos aliada ao trabalho das equipes de captação para identificar e notificar potenciais doadores são os fatores-chave dos números conquistados este ano pela Central Estadual de Transplantes. Falar sobre o assunto é importante porque pode salvar vidas”, pontuou.

 

Na fila, à espera por um órgão ou tecido na Paraíba, ainda existem 503 pessoas. São 295 aguardando uma córnea, quatro esperando um coração, 16 um fígado e 188 precisando de um rim – Secom-PB.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas