....
....

08/05/2022

Menina de 17 anos acusa técnico de enfermagem de assédio no Hospital da Criança e do Adolescente de Campina Grande


Uma jovem de 17 anos denunciou à polícia ter sido vítima de assédio sexual nas dependências do Hospital da Criança e do Adolescente de Campina Grande. Ela registrou boletim de ocorrência contra o profissional na Central de Polícia da cidade.

 

No boletim, ela diz que foi à unidade hospitalar com sua filha de 08 meses buscar atendimento médico e que, ao ser atendida, foi vítima do assédio. Como a adolescente é de menor idade, seu nome e de seus pais foram preservados.



Foto: Divulgação

 

No boletim, a menor diz que, quando estava no hospital, durante o atendimento, o técnico de enfermagem, identificado no BO como Marcelo Pereira de Almeida, foi ministrar a medicação na bebê, momento em que a adolescente perguntou se poderia dar a medicação à criança enquanto ela estivesse dormindo e Marcelo teria respondido: “Posso botar em você dormindo?”.

 

A adolescente disse não ter entendido bem o que o profissional falou e ele teria repetido: “Quero botar em você dormindo!”. A adolescente diz que, neste momento, o acusado teria alisado o seu cabelo. Segundo ela, o fato foi presenciado por outra mãe que estava presente e que a alertou: “Isso é assedio, denuncie”.

 

Segundo ainda o BO, a coordenadora do hospital foi procurada e disse, inicialmente, que o técnico de enfermagem foi solicitado a sair e que sofreria uma suspensão. A coordenadora do hospital também disse que este era o primeiro dia de trabalho do profissional na unidade e que o hospital não teria nenhum documento dele – Assessoria.

 

Veja, abaixo, o Boletim de Ocorrência:




 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas