....
....

19/05/2022

Aumento em casos de Covid-19 leva escolas particulares de Belo Horizonte a suspenderem aulas presenciais


Duas turmas do Colégio Sagrado Coração de Jesus e estudantes do Colégio Santo Agostinho tiveram aulas presenciais suspensas nesta semana com alunos que testaram positivo para a COVID-19. O protocolo das escolas é de que com 10% dos alunos confirmados para o vírus as aulas devem voltar para o modelo virtual por 10 dias.

 

No Colégio Sagrado Coração de Jesus, na Região Centro-Sul de BH, foram alunos do 2° ano do ensino fundamental, que retornam ao presencial no dia 23, e do 2º ano do ensino médio, que voltam às salas de aula no dia 30. As aulas estão suspensas desde quarta-feira (18/5). Por enquanto, os estudantes passam a ter aulas online.



Foto: Ilustração/Pixabay

 

O Colégio Santo Agostinho, em BH, também suspendeu turmas por conta de casos da doença. Para esses alunos, as atividades permanecem remotas até que "transcorram os dias necessários para o retorno presencial", informou a escola em nota.

 

A escola, entretanto, não informou a quantidade de turmas que tiveram aulas suspensas e nem qual a data de previsão para o retorno presencial.

 

O Colégio Sagrado Coração de Jesus afirmou que o uso de máscaras não é mais obrigatório em salas de aula e nas dependências das escolas desde a liberação pela prefeitura de Belo Horizonte e também do governo do estado.

 

O Sindicato dos Professores do Estado de Minas Gerais (Sinpro-MG) defende que o protocolo seja cumprido sempre que houver casos positivos para a COVID. Segundo a Prefeitura de Belo Horizonte, entre abril e maio deste ano, foram registrados 24 surtos de COVID-19 em escolas públicas e particulares e 14 turmas foram suspensas.

 

Números de COVID-19

 

Em Belo Horizonte as máscaras podem voltar a ser obrigatórias, conforme informado pela Secretaria Municipal de Saúde nessa quarta-feira (18/5). Após a liberação das máscaras, em 28 de abril, os casos de COVID aumentaram 68% na capital.

 

Entre 20 e 29 de abril, foram 882 confirmações para o coronavírus em Belo Horizonte, número que saltou para 1.485 entre os dias 10 e 17 de maio. Não só a capital vive um novo crescimento dos índices, como Minas Gerais. Enquanto no período de 1° a 10 de maio foram 7.251 novas confirmações no estado, entre 11 e 18 de maio o total passou a 14.586 casos, um aumento de 101% - EM.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas