....
....

01/06/2022

Recuperada da Covid-19, Senadora Nilda Gondim retoma atividades e participa do lançamento do livro “Senado por Elas”


Recuperada da infecção por Covid-19, a senadora Nilda Gondim (MDB-PB) retomou suas atividades presenciais no Senado Federal, na terça-feira (31), participando do lançamento do livro “Senado por Elas: casos de inspirações e superações”, do qual é coautora. A publicação reúne depoimentos pessoais de quatorze senadoras e dezesseis mulheres com atuação destacada em suas áreas de atuação.

 

O livro “Senado por Elas: casos de inspirações e superações” corresponde ao volume 297 da coleção Edições do Senado Federal, que desde 2003 apresenta títulos de interesse público nos campos da História, da Literatura e do Direito. Vice-líder da Bancada Feminina no Senado Federal, Nilda Gondim participa da obra com um artigo sobre o Dia Internacional da Mulher e com uma poesia intitulada “Desafios”, do seu arquivo pessoal.



Foto: Divulgação

 

No lançamento do livro, na Biblioteca do Senado, Nilda Gondim disse estar muito honrada pelo convite de fazer parte da publicação: “São iniciativas importantes para trazer o posicionamento de senadoras atuantes na Bancada Feminina e também das demais autoras, que reforçam a necessidade de as mulheres lutarem por seus direitos e por equidade de gênero na política e na sociedade como um todo”, comentou.

 

A senadora emedebista elogiou o trabalho das senadoras Eliziane Gama (Cidadania-MA), à frente da Bancada Feminina, e Leila Barros (PDT-DF), da Procuradoria Especial da Mulher no Senado. Ela agradeceu ao senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG), presidente do Congresso Nacional, pelo apoio à Bancada Feminina e também no processo de elaboração, edição e publicação do livro.



Foto: Divulgação

 

Autor do prefácio da edição, o presidente Rodrigo Pacheco abriu a cerimônia ressaltando que, para os homens, não basta ser contra a violência e o silenciamento das vozes femininas, “É preciso ouvi-las com atenção”, afirmou. E acrescentou: “A política ainda é um ambiente hostil a muitas mulheres. Candidatas e mandatárias são julgadas pelo modo de vestir e pela vida pessoal, o que raramente ocorre com os homens. É um argumento perverso que afasta mulheres competentes”.

 

A diretora-geral do Senado, Ilana Trombka, informou que o livro complementa as diversas ações de conscientização promovidas pela Casa em prol da equidade de gênero. Na última segunda-feira, por exemplo, o Senado promoveu no plenário o seminário “Mais Mulheres na Política”, com transmissão ao vivo pela TV Senado e pelo portal e-Cidadania.

 

Disposição para o trabalho

 

Ainda na terça-feira (31), a senadora Nilda Gondim participou da reunião da Comissão de Assuntos Sociais, da qual é membro titular.  Feliz com a disposição para o retorno ao trabalho, ela disse que estava com saudades da Comissão, que considera a melhor e das mais atuantes. A senadora do MDB da Paraíba ficou afastada em licença do Senado por duas semanas, por recomendação médica – Assessoria.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas