....
....

06/06/2022

No campeonato Mundial de Powerlifting, Mayara Rocha supera metas e faz 5º melhor agachamento do mundo


A atleta paraibana Mayara Rocha superou suas metas nas disputas do Campeonato Mundial de Powerlifting, aberto nesta segunda-feira em Sun City, na África do Sul. Única representante do Nordeste na competição e, junto com outra atleta brasileira, as únicas representantes da América Latina no mundial, Mayara garantiu uma boa performance e ainda conquistou medalha.

 

O Campeonato Mundial de Powerlifting 2022 reuniu as melhores atletas do mundo e Mayara, mesmo participando pela primeira vez, ao lado de experientes atletas, muitas delas medalhistas em mundiais anteriores, conseguiu a 5ª melhor marca na modalidade “Agachamento”. No geral, ela ficou entre as sete melhores atletas do mundo, fato que muito lhe orgulhou, sobretudo por estar representando Campina Grande e a Paraíba.



Foto: International Powerlifting Federatio - IPF

 

A primeira vitória veio na pesagem, antes do início da competição, quando Mayara obteve o peso corporal de 46,8 kg, garantindo-lhe a participação na categoria até 47 kg e sua melhor marca de preparação no quesito peso-balança. “Estou muito feliz, grata e emocionada por estar aqui, pela oportunidade de poder representar o Brasil. Foi uma competição incrível pra mim. No final da competição, quando chamou as atletas, a ficha caiu. Minha meta era estar no mundial e minha próxima meta é estar no pódio. Vou batalhar muito e treinar muito pra isso”, disse a paraibana.

 

No final, Mayara foi contemplada com uma medalha pelas boas marcas obtidas. “Foi exatamente como a gente queria. Na verdade, o melhor cenário que a gente pensou foi esse. No agachamento, Mayara abriu com 115, fez 117,5, depois fez 120. Nosso objetivo maior foi o de Mayara fazer o máximo de repetições certas que ela pudesse e, graças a Deus, saímos com o 5º melhor agachamento e isso nos deixou muito feliz. Mayara ficou muito satisfeita”, disse Yamande Almeida, seu treinador, que acompanhou a atleta no Mundial.



Foto: International Powerlifting Federatio - IPF

 

“A gente se cobra muito, Mayara se cobra muito. A gente sabe que Mayara poderia ter feito um algo a mais, mas a gente está satisfeitíssimo. Esse mundial é algo que a gente nem esperava que viesse tão cedo. A gente está muito feliz de estar aqui. É um sonho realizado. Nós vamos continuar firmes para que seja a primeira de muitas”, disse o treinador. “Meu sonho antes era vir para o mundial. Agora eu quero estar no pódio de um mundial. A gente vai aumentando as metas devagarzinho”, reafirmou Mayara.

 

Para esta competição Mayara conta com os apoios da Prefeitura de Campina Grande, Cf Brabo, BetPix 365, Óticas Diniz, Laury Temperos, Clélio Cabral, Redepharma Naturais, Governo do Estado, Roval, Laboremus, Recover Fisioterapia, Denner, Centro Medico Buriti, Ayrton Osteopata, Restaurante Dicasa, Loft e Hangar.

 

Quem é Mayara

 

Mayara Rocha Soares tem 29 anos, é natural de Campina Grande, membro da Seleção Brasileira de Levantamento de Peso Olímpico – LPO (2018); tetracampeã paraibana; vice-campeã brasileira; membro da delegação da Seleção Brasileira de Levantamento de Peso que disputou o Panamericano em Santo Domingo, na República Dominicana; Medalha de Bronze no Campeonato Brasileiro de Levantamento de Peso Olímpico; 3ª colocada no Mundial Crossfit Liftoff; 4ª colocada no Campeonato Brasileiro de LPO 2021, medalhas de ouro e de prata no Campeonato Brasileiro de Powerlifting 2021, tetramedalhista no Sul Americano de Powerlifting 2021 (duas medalhas de prata e duas de bronze), Campeã no Campeonato Brasileiro de Powerlifting 2022, Campeã Brasileira de Powerlifting Equipado 2022, Campeã e titulo de melhor atleta do Arnold Classic South América 2022, e detentora de três recordes nacionais no Powerlifting Equipado (2022) – Assessoria.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-
Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas