....
....

21/12/2018

Polícia prende oito membros de quadrilha que aplicava golpes contra locadoras de veículos da Paraíba e de Pernambuco


A Polícia Civil da Paraíba deflagrou, esta semana, a Operação “Vulcano”. Oito pessoas foram presas por equipes da Delegacia de Crimes contra o Patrimônio. Elas são suspeitas de integrarem uma organização criminosa que aplicava furtos e golpes contra locadoras de veículos. Pelo menos três empresas, instaladas em João Pessoa e Pernambuco, já teriam sido lesadas pela ação dos criminosos.

 

De acordo com o delegado Wagner Dorta, a estimativa é que o prejuízo causado seja superior a R$ 4 milhões. “As equipes continuam realizando diligências e os principais responsáveis pelos crimes já foram localizados e presos. Eles foram interrogados e a maioria confessou os delitos”, afirmou o delegado Wagner Dorta.



 

Dorta ainda acrescentou que a Polícia Civil já possui provas da participação dos suspeitos nos crimes investigados e está convicta que eles serão condenados pela Justiça.

 

“O nosso convencimento quanto à participação deles nos crimes investigados está formado. Eles causaram grande prejuízo às empresas, em razão das locações serem feitas por meio fraudulentos. Com a prisão dos responsáveis, o inquérito está robusto por provas. Os presos serão indiciados por furto mediante fraudes, organização criminosa e estelionato”, acrescentou Dorta.

 

Ainda foram apreendidos três veículos que haviam sido locados por meios criminosos. Até o fim da manhã desta quarta-feira, os policiais já haviam cumprido oito dos 12 mandados de prisão expedidos pela Justiça da Paraíba. As diligências terão continuidade até que todos os envolvidos nas transações criminais sejam localizados e presos – Secom-PB.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas