....
....

17/01/2019

Prefeitura do Conde, na Paraíba, anuncia concurso público para 72 vagas na Educação e Guarda Municipal


A prefeita do Conde, Márcia Lucena, anunciou a realização de concurso para preencher vagas existentes na Secretaria de Educação, Esporte e Cultura e na Guarda Civil Municipal. Durante reunião com os vereadores que integram a base de sustentação na Câmara Municipal, a prefeita comunicou que a meta de realização indica a finalização do edital para o mês de fevereiro.

 

“Em fevereiro, a gente deve estar com o edital pronto. Se tudo ocorrer conforme o calendário programado pela Secretaria de Administração, em abril lançaremos o concurso após a finalização dos estudos de viabilidade econômica e financeira e comprovarmos que poderemos contratar as pessoas aprovadas sem risco de comprometer nossa programação de pagamentos de todos os compromissos da Gestão”, afirmou a prefeita.



 

Sobre o número de vagas a prefeita comentou que “até agora, a Secretaria de Educação identificou a necessidade de 52 contratações, e na Guarda Municipal foram 20. Então teremos, no mínimo, 72 novas contratações pela Prefeitura”.

 

A prefeita disse também que “não será fácil viabilizarmos a expansão da equipe por causa da crise que continua. Todo dia nos chegam notícias sobre verbas contingenciadas, programas do Governo Federal que não vão acontecer, sobre contenção de gastos em todos os níveis, mas temos a responsabilidade de fortalecer este ano tanto o trabalho positivo, reconhecido pela população, que a Educação vem realizando, como a Guarda Municipal” – Assessoria.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas