....
....

23/01/2019

Polícia captura em cima de telhado de loja da Maciel Pinheiro o homem acusado do assalto à Redepharma


A Polícia Militar capturou, no final da noite desta terça-feira (22), o homem acusado de assaltar uma unidade da Redepharma, na rua Venâncio Neiva, no centro de Campina Grande, durante a manhã. A prisão ocorreu praticamente 12 horas depois do assalto, após um cerco que interditou as ruas próximas, comandado pelo Sargento PM Wellington.

 

De acordo com a polícia, o suspeito chegou à unidade da Redepharma em uma moto, com uma farda de uma farmácia, afirmando que tinha uma encomenda para entregar ao gerente da unidade. Ele foi autorizado a entrar no escritório do estabelecimento, com um pacote na mão e, uma vez no interior, sacou um revólver e ameaçou as pessoas que estavam no local, fazendo, inclusive, reféns.



 

A polícia foi acionada e, coincidindo com a chagada dos policiais à unidade, um dos funcionários reféns reagiu, se agarrou com o bandido, que, acuado, fugiu pelo telhado. O fato chamou a atenção de muitos curiosos, que praticamente interditaram a rua para ver a ação.

 

A polícia fez buscas, mas só no final da noite é que conseguiu localizar e prender o suspeito, que estava com o revólver usado no assalto e uma certa quantia em dinheiro.



 

O funcionário que se agarrou com o bandido ficou ferido e foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento – UPA. A moto usada no assalto, com placa adulterada, foi abandonada pelo bandido na fuga. Segundo a polícia, trata-se de um veículo que havia sido roubado e a placa, adulterada.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas