....
....

18/02/2019

Globo pede desculpas ao Flamengo, após usar expressão inadequada em telejornal, referindo-se a incêndio que vitimou atletas


Na noite do sábado (16), o RJ2, da TV Globo pediu desculpas ao Flamengo, pelo fato no dia anterior ter usado a expressão ‘cheirinho’ em uma matéria veiculada ao clube sobre a tragédia no Ninho do Urubu, aonde acabou vitimando 10 jovens e deixando outros 3 feridos. Segundo a nota, a expressão foi usada de forma inadequada em relação à tragédia.

 

Na última sexta-feira, o RJ2 fez uma matéria sobre a tragédia no Ninho do Urubu, que mostrou uma breve coletiva do vice presidente jurídico do clube, Rodrigo Abranches, que falou brevemente e deixou a entrevista antes do término das perguntas dos jornalistas, e para definir o fato o RJ2 usou a expressão ‘cheirinho’.



 

“Essa declaração do vice presidente jurídico do Flamengo foi a primeira desde a tragédia de um representante do clube a imprensa, mas entrevista durou pouco…e deixou a imprensa no cheirinho”.

 

Diante a repercussão negativa do caso, um dia depois, o RJ2 pediu desculpas ao clube rubro-negro. “A expressão foi inadequada e infeliz no contexto de uma tragédia, o RJ2 pede desculpas aos torcedores do Flamengo, aos dirigentes do clube e a você telespectador” – Torcedores.com.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas