....
....

06/04/2019

Em Campina Grande: Usuários denunciam paralisação do programa “Mexe Campina” desde o início do ano


Usuários do programa Mexe Campina, gerido pela Secretaria de Esporte, Juventude e Lazer (Sejel), da Prefeitura de Campina Grande denunciam que a ação social está paralisada desde o inicio do ano e que, ao indagarem o secretário da Sejel, Teles Albuquerque, sobre o retorno do programa, o mesmo já deu vários prazos para o retorno, mas todos não cumpridos.

 

Os praticantes dizem que Teles teria firmado com eles o compromisso de que, em fevereiro deste ano, o Mexe Campina retornaria, algo que não ocorreu. Depois, veio o anúncio de previsão de retorno para março, novamente, não cumprido. Outra falha é que os professores da ação revelam que o prefeito Romero Rodrigues (PSDB) não renovou os contratos dos profissionais que promovem o Mexe Campina.



 

Diante dessa realidade, os praticantes afirmam que estão sendo prejudicados, sobretudo os mais idosos, que tem na prática esportiva um meio de convivência social e de melhoria da saúde e da qualidade de vida. Muitos deles, inclusive, tem as atividades do Mexe Campina como uma orientação médica a cumprir e estão impossibilitados.

 

O programa promove uma ginástica coletiva como prática corporal. Segundo a Organização Mundial de Saúde, uma das suas recomendações é que os indivíduos se envolvam em níveis adequados de atividade física e que esse comportamento seja mantido regulamente durante seu ciclo de vida. Recomenda também a criação de políticas e programas destinados a promover a saúde, incentivando a prática regular de atividade física. O programa Mexe Campina atingia vários polos da cidade, no Parque da Criança, no Parque da Liberdade, na Palmeira e no Plinio Lemos – Assessoria.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas